Crispy Chicken

Hallo^^ Estou oficialmente de férias pelo menos uma semana! Yay! É tão bom poder finalmente descansar um bocadinho a aproveitar o tempo para fazer coisas de que gosto, mas vai ser estranho não ter que andar a estudar intensivamente e correr contra o relógio (risos). Na semana em que não tive teste, apenas projeto consegui dedicar-me um bocadinho à cozinha e inventar, resultado?! Frango com pele estaladiça, nem eu estava à espera que saísse assim, parece que andei a praticar durante meses mas a verdade é que foi a primeira vez que fiz e ficou uma delícia!


Este deve ter sido dos pratos que mais tempo demorei a fazer, como as coxas do frango são muito grande os calor demora a passar e enquanto por fora parecem boas, por dentro estão cruas. Vamos ao que interessa, vão precisar de:
  • coxas de frango
  • trigo (é uma espécie de arroz)
  • azeite
  • frigideira
  • tacho
  • sal

Quando faço um prato deste género costumo começar por fazer o acompanhamento que é mais demorado e só depois a carne, no entanto como esta demora imenso tempo e requer a vossa total atenção aconselho-vos a meterem tudo no lume mais ou menos ao mesmo tempo para não ficar nada frio. Por isso primeiro coloquem água num tacho e deixem ferver, agora ponham mais ou menos três mãos de trigo (isto para duas doses) uma pitada de sal e azeite para não colar ao tacho e é só deixar ao lume.


Podem agora dedicar-se às coxas, coloquem azeite numa frigideira (não muito, eu meti demasiado e passei o tempo todo a levar com salpicos de azeite fervido que saltava...) e adicionem as coxas, com um nadinha de sal, as minhas como estavam congeladas e coladas uma à outra foi mais complicado, se poderem descongelem primeiro ou comprem a carne no momento antes para não estar neste estado. Agora o truque é:
  1. estar constantemente a virar as coxas e a certificar que não colam à frigideira
  2. fazer isso o mais longe possível
    Pode parecer complicado mas com salpicos de azeite a voarem vão agradecer estar o mais longe possível (risos)
  3. de vez em quando convém ir fazendo uns cortes na carne para verificar o estado dela e também para ajudar o calor a entrar
  4. com isto tudo convém ir mexendo de vez em quando o trigo e quando estiver com os bagos maiores tirar (o truque é sempre provar para saber se está pronto)

Assim que virem que está pronto, mais ou menos meia hora foi o que demorou o meu, é só servir e comer esta delícia! Ótimo não acham? E o aspeto? Divinal! Tenho a certeza que vão adorar, se preferirem adicionem azeite ao trigo, dá outro gosto, eu pessoalmente gosto mais ao natural, mas a minha mãe prefere com azeite. Espero que tenham gostado! Até ao próximo post! kiss^^